Sexta-feira, Dezembro 6

Vinil Rende Mais que CD?

Google+ Pinterest LinkedIn Tumblr +

Será a primeira vez desde 1986 que isto acontece.

Quem se interessa pela indústria musical sabe que já há um tempo que o vinil – considerado morto há uns anos – dava sinais de vitalidade contrariando os profetas do seu fim. Segundo o relatório da RIIA (Recording Industry Association of America), no primeiro semestre de 2019, os discos de vinil renderam, apenas nos Estados Unidos, 224.1 milhões de US Dólares com um valor muito próximo do CD, que rendeu 247.9 milhões no mesmo período. É uma diferença muito ténue e, se os indicadores estiverem correctos, 2019 será o primeiro ano em que a venda de vinil ultrapassa a de CD desde 1986. 

Esta guerra nos formatos físicos está longe de ser importante no panorama geral, já que as vendas de vinil representam apenas 4% do consumo de música enquanto os serviços de streaming pago representam 62%. 

Podem ler o relatório na íntegra aqui: https://www.riaa.com/wp-content/uploads/2019/09/Mid-Year-2019-RIAA-Music-Revenues-Report.pdf

A título de detalhe interessante: Os Beatles venderam 300 mil discos de vinil em 2018. 

Comments

comments

Share.