Quinta-feira, Agosto 16

Sony volta a prensar vinil

Google+ Pinterest LinkedIn Tumblr +

Vinte e oito anos após ter abandonado a produção de discos de vinil, a gigante nipónica anunciou hoje que vai voltar a prensar vinil.

O motivo apontado para este regresso do vinil é algo que a comunidade electrónica mundial já sabia, a procura mundial por vinil é grande e crescente, apoiada tanto por novas edições neste formato como pela venda de vinil em segunda-mão.
A Sony Music Entertainment anunciou que vai retomar a produção de vinil em duas fábricas no Japão.
A produção de vinil da Sony parou em 1989 devido à monopolização do mercado pelo CD, outro formato que a Sony co-desenvolveu e começou a distribuir em 1982.
Além desta retoma, a Sony Music instalou um novo estúdio de gravação em Tóquio especialmente desenhado para permitir a produção de masters para serem copiados para vinil, de modo a garantir a maior qualidade de áudio possível.
Os dados de venda de vinil no Japão apenas apontam para vendas na ordem das 800 mil cópias apenas em 2016, um valor oito vezes superior a 2010. A tendência é global com outros países e mercados importantes como o Reino Unido, onde no ano passado a venda de vinil ultrapassou o formato digital, e nos Estados Unidos onde foram vendidos 17.2 milhões de discos em 2016.

Comments

comments

Share.