Sexta-feira, Dezembro 14

“Faz-me Dançar” episódio #2

Google+ Pinterest LinkedIn Tumblr +

oscar baia
Greetings pplzz…

Espero que tenham tido um Natal fantástico cheio de coisas boas etc. e tal… eu cá acho uma seca do caraças… e se é para aturar a famelga toda bêbada e a espumarem-se pela boca, então prefiro fazê-lo numa festa com bom som de preferência e em boa companhia.

E por se falar de som, o meu desejo para 2018 é que o nosso público abra os olhos e não se deixe engrupir tal como vergonhosamente aconteceu em 2017. Estou farto de ver o Jaquim, a Filomena, a Gina e o raio que os parta… a virem tocar ao nosso país como se fossem o último copo de água no deserto. Nos países deles a maioria nem toca e aqui somos obrigados a mamar com eles porque as produtoras nacionais se querem ter djs de topo tem de comprar a merdaleja e arrabaldes também. Além disso, se eu fizer um line up só com portugueses que lhes dão 1000 a zero… vocês torcem o nariz e não aparecem… vejam lá se evoluem essas mentalidades porque a culpa disto tudo É VOSSA, pois são vocês que (papam) pagam isto.

E mudando de assunto, aqui seguem os escolhidos para esta segunda rodada…

Ninna V

Ninna V
Minha amiga há imensos anos.
Polémica que baste mas com um portfólio musical de fazer inveja a muita gente com faixas a serem tocadas constantemente pelos melhores DJs do mundo.
Acreditem o que ela tem de mau feitio (hahaha) é largamente compensado com produções de altíssima qualidade.

Ninna V “Step Up” (DID Records)
https://soundcloud.com/didrec/ninna-v-step-up
Esta não me faz dançar… faz-me voar. Amo!

Ninna V “Wall of Indifference” [VINYL ONLY PREVIEW] (Sub÷Divizion Records)
https://soundcloud.com/subdivizion/ninna-v-wall-of-indifference

Ninna V & Virulent “Grey”
https://soundcloud.com/djninnav/ninna-v-virulent-grey-clip

São tantas e tão boas que seria no mínimo injusto escolher apenas algumas…
Obrigatório ir ouvir o seu Soundcloud. Visitem e agradeçam-me no fim!
https://soundcloud.com/djninnav

DJ Zé Mig L

DJ Zé Mig L
(tinha de falar de ti!) Uma das pessoas que eu gosto bastante desde o inicio destas cenas da música. Sempre bem disposto e com humor sempre no ponto. É das únicas pessoas, tirando o Marcus Vitorino, a quem recorro quando tenho questões técnicas complicaditas, e acreditem… se eles não souberem ajudar, duvido que alguém consiga.
Falar de música e produção aqui na Tugalândia e não falar dele é simplesmente impossível. Como DJ é simplesmente contagiante do princípio ao fim do set e com uma técnica irrepreensível… SEM SYNCS mas com um fantástico kit de unhas…
Nem me atrevo a escolher faixas… tenho o meu set actual cheio de produções dele em primeiríssima mão e acho que isso diz tudo.
Soundcloud não tem (nem precisa) mas existe a página de artista e beatport onde podem ir dar uma vista de olhos.

YouTube.com/djzemigl01/vídeo
Se existe DJ que a nova geração deveria ouvir e seguir… este é um deles. Master em todos os sentidos. Respect!

No Deffy


No Deffy
é outro nome a ter em atenção no nosso panorama musical. Partilhei algumas vezes cabines e noites de estúdio com esta criatura noturna … e foram tempo super bem passados.
Confiram alguns dos seus trabalhos:
Grasso & Maxim “Shinsky” (Paul Darey & No Deffy Remix) [Shinshy Records]
https://soundcloud.com/nodeffy/grasso-maxim-shinsky-paul

No Deffy “The Return (Original Mix)” [GUM Records]
https://soundcloud.com/nodeffy/no-deffy-the-return-original-mix-gum-records

Festas é o que não faltam e por este andar iremos chegar ao ponto de existirem festas a mais, e quando inevitavelmente correrem mal eu quero ver quem tem dinheiro para aguentar o barco, ou se desaparecem sem pagar o que devem… Já vi isso acontecer e parece que estou de volta aos anos 90!

Frenetik Party

Entretanto fui à festa da Frenetik no dia 7/12 com Christian Smith e Fatima Haji… e gostei muito.
Tranquilo, bom som… e acima de tudo bom ambiente.
A Frenetik a mostrar como se fazem festas techno e hardgroove… não admira que as outras produtoras agora também os queiram copiar.

Mas é nas festas da betaria que agora acontecem problemas com frequência .. está visto que para pagar o iPhone, as roupinhas de marca e ainda dar o ar que se tem guita… é necessário a venda de extras. A polícia anda atenta e até já faz serviço de táxi à porta de alguns locais.
Pelos vistos algumas criaturas nunca ouviram dizer não cuspas para o ar…

Continuo sem saber onde andas…
És capaz de sair do quarto e mostrares o que vales?

Este é o teu espaço… usa e abusa do nosso email:

faz-me-dancar@danceclubmag.com (não enviem anexos, mas sim links para soundcloud ou similar).

P:S: Espero por vocês no meu aniversário já no próximo fim de semana 😉

Comments

comments

Share.